" role="banner">

Domine as técnicas de impulso no curso terapias da dor

Há um curso de especialização abrangente e multidisciplinar que confere aos formandos competências para aplicar diversas terapias em pacientes com dor crónica. Uma das técnicas lecionadas é a de impulso. Este é um método manual, osteopático, que permite evitar o recurso a técnicas invasivas, como a cirurgia.

As técnicas de impulso contribuem para a recuperação da mobilidade das articulações e melhoria do sistema vascular. O domínio das mãos em tratamentos de restauração da função neurológica é uma mais-valia para profissionais de saúde, nomeadamente fisioterapeutas, que procuram dar resposta eficaz e sem recurso a químicos a problemas relacionados com a dor crónica.

Curso do IBS ensina principais técnicas de impulso

Na prática, este método consiste na aplicação de um impulso de elevada intensidade, após ter dado a máxima amplitude à articulação. Como efeito, há um ajustamento da articulação.

O plano de estudos do curso de terapia da dor engloba esta e outras técnicas, estando dividido por módulos sobre os membros inferior e superior, a cervical, a dorsal e a lombar/bacia.

O corpo docente é especializado em cada área técnica lecionada e o curso tem uma componente de formação prática reconhecida pelos alunos. A formação está a cargo do IBS e inclui estágios profissionalizantes.

 

Plano curricular inclui diversas terapêuticas

As técnicas de impulso são um exemplo das várias técnicas manuais aplicadas por profissionais de saúde no tratamento da dor. Outros métodos, igualmente importantes, são as técnicas de tecidos moles (muito frequentes no alívio da tensão, eliminação das toxinas das fibras do músculo e melhoria da contração do músculo), as neuromusculares (em que a pressão localizada no tecido do músculo possibilita a cicatrização do seu interior), as energéticas (responsáveis por estimular os músculos) e a de tração (usada nos ligamentos e músculos, cujo alívio da rigidez e da dor é possível através da separação das estruturas ósseas da articulação).

A coordenação do curso de terapias da dor está a cargo do Dr. Mário Alberto Borges de Sousa, perito em Osteopatia, nomeado pela ACSS (Administração Central do Sistema de Saúde), doutorado em Osteopatia pela Faculdade de Osteopatas da África do Sul e fundador da Osteopatia no país. A sua experiência de mais de 40 anos na formação de profissionais de saúde nesta especialidade é uma das vantagens deste curso.

 

O curso tem certificação acreditada e é de curta duração. As inscrições estão a decorrer, havendo várias opções de horários. Coloque-nos todas as suas questões.

 

Instituto Borges de Sousa - Lisboa
Av: António Augusto de Aguiar, nº9 -4º Lisboa, Phone: 216 092 085
Instituto Borges de Sousa - Porto
R. Alexandre Herculano 351, 2º Porto, Phone: 220 135 406