" role="banner">

Porque a homeopatia é aconselhável para a depressão?

Associada a uma baixa auto-estima, a depressão pode evoluir para um estado mais grave e até estar na origem de suicídios. Para evitar que esta alteração psicológica tenha um fim irremediável, é aconselhável recorrer a procedimentos que sejam ou alternativos ou complementares à medicina convencional.

É o caso da Homeopatia que se baseia na procura de uma causa específica para a depressão de cada um dos pacientes. Inscreva-se já no nosso curso de Clínica Homeopática para aprofundar mais a relação entre este tratamento e as doenças do foro psicológico

homeopatia

Homeopatia PARA A depressão: sem efeitos secundários e com uma resposta imediata

A automedicação é uma questão constante nos pacientes com patologias do foro psicológico, como por exemplo a depressão. O ato de tomar remédios sem supervisão de um profissional de saúde pode causar graves efeitos para o organismo, piorando o quadro de depressão ou originando novos problemas.

A Homeopatia é uma das soluções mais aconselháveis para tratar de uma depressão, visto que este tipo de medicamentos não causa nenhum efeito secundário. A administração do remédio homeopático é feita em doses muito diluídas e a resposta ao tratamento é imediata, o que é uma evidente vantagem, se compararmos com os efeitos dos típicos antidepressivos.

Por exemplo é comum os antidepressivos tradicionais incluírem sérios danos colaterais à saúde dos pacientes: desde o aumento de peso a prisão de ventre, passando por dores de cabeça, visão turva, tremores e sonolência.

A Homeopatia não pretende resolver a depressão, mas as causas que estiveram na origem do seu desenvolvimento. Logo numa consulta é normal que os profissionais de saúde estejam interessados em saber desde quando é que um paciente sofre desta doença ou o que terá acontecido de relevante para causar a depressão.

É necessário analisar eventos importantes na vida de quem sofre desta doença. O sofrimento por um filho ou uma perda afetiva são apenas alguns dos exemplos, para além de certas patologias, como por exemplo o hipotireoidismo.

Se quiser saber mais sobre a relação entre a Homeopatia e a depressão, ingresse na nossa formação, que tem um horário flexível, entre outras vantagens. Conheça-as! Ligue-nos para o 218 238 480 (em Lisboa) ou 220 135 406 (no Porto)

Tratamento homeopático encara cada paciente como um ser singular

Quando não é possível encontrar o motivo para o começo da patologia, a Homeopatia pretende tratar dos sintomas pessoais, que são únicos. Esta é outra das principais qualidades deste tratamento: encarar cada indivíduo como um ser singular e com manifestações próprias.

Logo os pacientes devem ser específicos, ao relatar aquilo que sentem: afirmar apenas que estão ansiosos ou que não conseguem dormir é demasiado vago.

Tal como acontece com outros tipos de procedimentos, a Homeopatia não tem capacidade para curar uma depressão. No entanto, o tratamento consegue reduzir os seus sintomas. É o caso da perda de energia, tristeza, ansiedade ou pensamentos suicidas.

Além disso, a utilização destes remédios homeopáticos só deve ocorrer após a avaliação psicológica dos pacientes por um profissional de saúde que seja formado na área da Medicina, experiente e especializado.

Quer conhecer mais cuidados na Homeopatia para o tratamento da depressão? Descubra a formação do Instituto Borges de Sousa (IBS) que conta com uma certificação acreditada e curta duração. Caso restem dúvidas, envie-nos as suas questões para o endereço ibs.formacao@hotmail.com

Instituto Borges de Sousa - Lisboa
Av: António Augusto de Aguiar, nº9 -4º Lisboa, Phone: 216 092 085
Instituto Borges de Sousa - Porto
R. Alexandre Herculano 351, 2º Porto, Phone: 220 135 406